A observabilidade de TI elimina falhas críticas em seu ambiente

Saiba como otimizar o seu tempo de trabalho e eliminar falhas no seu setor com observabilidade de TI.

Não podemos negar que a observabilidade tem ganhado cada vez mais atenção por conta da sua eficácia dentro dos mais diversos departamentos.

A mesma permite que os times de desenvolvimento possam intervir de forma rápida quando detectam os erros em suas aplicações, já que essa prática tem como foco a coleta de métricas em tempo real. Sendo assim, é possível identificar problemas em sua forma raiz de maneira rápida ou, antes mesmo que eles aconteçam.

Hoje, vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre os três pilares da observabilidade de TI. Eles são responsáveis por monitorar e entender o ciclo de vida e desempenho de uma aplicação e seu ecossistema, e como ele se comporta em determinado ambiente.

Sendo assim, se deseja saber mais sobre esse conteúdo, continue a sua leitura e veja aqui todas as informações que você precisa.

O que é observabilidade de TI?

A observabilidade é um conceito que vem ganhando força, e que tem sido aplicado cada vez mais por equipes que cuidam de aplicações e seus ecossistemas, com o intuito de observar o comportamento dos seus ambientes. A solução é baseada em explorar propriedades e padrões não definidos com antecedência.

Com ela, é possível navegar pelas causas em um sistema de produção, e entender o que, onde e o porquê das coisas que ocorrem no seu sistema.

A modernidade exige uma nova abordagem de monitoramento

Cada vez mais, o usuário final não aceita os erros e as equipes são pressionadas a solucionar problemas de forma rápida.

Hoje, as organizações contam com a opção de trabalhar com arquiteturas de microsserviços em várias soluções em nuvem. Pois, além de mais fáceis de adotar, funcionam juntas de uma forma ainda mais integrada.

Nos dias atuais, diversos profissionais da área passaram a contar com o auxílio de soluções que reduzem o trabalho repetitivo e de baixo valor, e auxiliam a melhorar a confiança das entregas.

A monitoração de aplicações e ecossistemas melhora a experiência do usuário, reduz o tempo em busca do problema raiz, possibilita a agilidade à tomada de decisões estratégicas e até detecta, de forma automática, as anomalias.

O monitoramento de aplicações tem como essência coletar dados sobre cada componente dos sistemas em tempo real.

Os 3 pilares da observabilidade de TI

A alta capacidade de respostas que os elementos dessa solução ofertam, só são possíveis devido ao uso de dados de telemetria.

A observabilidade de TI é uma disciplina, e a correlação dos seus 3 pilares: métricas, logs e traces, possibilita a monitoração efetiva e de alto valor agregado, garantindo a verdadeira visibilidade total.

Continue a leitura e descubra quais são esses pilares e a importância de cada um deles.

Logs

O log nada mais é do que um registro imutável, com carimbo de data/hora de eventos que ocorreram ao longo do tempo. Ou seja, são registros de ações que aconteceram em qualquer sistema. Esses registros, podem servir como base para investigar vários tipos de casos.

Esses logs, podem vir em três formas diferentes, sendo elas:

  • Texto;
  • Estruturado;
  • Binário.

O log é gerado de uma forma muito fácil. Além disso, ele tem um ótimo desempenho em termos de revelar informações altamente granulares repletas de contexto local rico, desde que o espaço de pesquisa seja localizado para eventos que ocorreram em um único serviço.

Sendo assim, os logs te dão os registros de que tem um problema em sua aplicação. Porém, não te diz onde ele se encontra e, por conta disso, torna-se muito importante unir as informações tidas nos logs com as métricas.

Métricas de Infraestrutura

Fruto de coletas das informações, as métricas são relacionadas à infraestrutura na qual a aplicação está contida. Elas são termômetros que medem e refletem o estado do seu ambiente de maneira mensurável.

Como os números são otimizados para armazenamento, processamento, compactação e recuperação, as métricas permitem o que chamamos de retenção de dados mais longa.

Com isso, as métricas tornam-se aptas para a construção de painéis que refletem tendências históricas.

Além disso, elas permitem a redução gradual de resolução de dados. Após um período de tempo, esses dados podem ser agregados em frequência diária ou mensal.

Contudo, as métricas são responsáveis por ir mais a fundo, para encontrar a causa do seu problema de instabilidade. Pois, elas garantem que os dados durem por mais tempo, como nome, data, hora e KPI’s.

Traces de aplicações

Os traces, também conhecidos como rastreamento, são a representação de uma série de eventos de aplicações.

Um único trace mostra a ação de uma transação ou solicitação individual conforme ela flui por um aplicativo. Sendo assim, ele é usado para identificar a quantidade de trabalho feito em cada camada.

Os traces são como uma parte crítica da observabilidade. Pois, ofertam contexto para outras telemetrias.

A importância dos pilares de observabilidade de TI

Logs, métricas e traces, atendem aos seus propósitos únicos, porém, são complementares. Juntos, fornecem visibilidade máxima sobre o comportamento de sistemas distribuídos. Essa ação só se torna possível porque os 3 pilares são correlacionados.

Sendo assim, com as métricas, traces e logs em um único local, é possível garantir que a equipe trabalhe de forma eficiente, identificando problemas com muito mais agilidade.

Contudo, sem esses três pilares juntos em uma empresa, o time trabalha de forma segregada e com uma lentidão alta na busca do problema raiz de suas aplicações e sistemas.

Como os pilares da observabilidade de TI podem facilitar a rotina de um profissional?

São muitas as vantagens que esse serviço traz para facilitar a rotina de um profissional da área de TI. Em especial, entregando respostas aos profissionais que precisam de resultados rápidos.

Portanto, vale ressaltar também, que apostar em ferramentas que liguem os pilares da solução é crucial. Isso porque, os pilares entregues de forma isolada aumentam o tempo de análise de erros e identificação do problema raiz.

Com uma ferramenta que entrega um dashboard único, você pode alcançar muitos benefícios. Conheça-os:

  • Mapeamento de pontos críticos do negócio;
  • Redução de tempo e esforço em reparos do sistema;
  • Aumento da proatividade e redução no tempo de detecção dos problemas;
  • Previsão de problemas a partir de dados anteriores e projeções futuras;
  • Otimização do uso dos softwares e programas internos;
  •  Mais segurança para as operações.

Então, agora que você já sabe como esse serviço é vital para a monitoração dos sistemas da sua empresa, é muito importante colocá-los em prática, e a melhor opção é fazer isso com a ajuda de um especialista no assunto.

Portanto, o mais recomendado nos dias de hoje, é a contratação de uma empresa de curadoria de jornadas digitais, que além de encontrar as melhores inovações tecnológicas para o seu departamento, ainda te ajuda em todo o processo de implantação.

Se você gostou dessas informações e deseja ler mais artigos como esse, continue nos acompanhando em nosso blog e saiba mais sobre o assunto.

POSTS RECENTES

Entendendo o Security Operations Center (SOC) e seu impacto na Segurança Cibernética

A importância do Network Operations Center (NOC) na gestão empresarial

NOC 2.0: Como o Business Operation Center (BOC) pode otimizar as operações da sua empresa

Conheça o Network Operations Center (NOC): Solução que garante gerenciamento de rede inteligente

Turtle Ransomware: Tudo sobre a ameaça para usuários de macOS

Monitore seus ambientes em tempo real com Application Performance Management

Como os Serviços Gerenciados podem ajudar a sua TI?

Tudo sobre a ferramenta de observabilidade Datadog

Novo Centro de inteligência de Field Service Delfia

A observabilidade de TI elimina falhas críticas em seu ambiente

Monitoração de aplicações com AppDynamics

Solução em nuvem: como a observabilidade pode otimizar o seu tempo de trabalho?

Appdynamics: entenda os benefícios e principais recursos dessa solução de APM

Solução turn-key: entenda as vantagens de contratar uma consultoria para gerenciar seus projetos do início ao fim

Reduza custos e otimize seus recursos na nuvem, com a solução de observabilidade da Delfia

Benefícios Datadog: veja como essa ferramenta pode oferecer inteligência e escalabilidade para o seu negócio

Descubra como fazer um migração para nuvem de forma segura

O monitoramento de infraestrutura de TI garante análise inteligente do seu ambiente

A Cultura DevOps garante a mais alta performance para seu time. Descubra o porquê!

Ferramenta de APM: veja os motivos que tornam a Datadog a melhor opção

Saiba mais sobre a solução que vai garantir a monitoramento em tempo real para sua empresa

Descubra como identificar a melhor ferramenta de APM para o seu negócio!